Como lidar com bloqueio criativo?

Imagine que você seja contratado para criar imagens para as redes sociais de uma empresa de máquina injetora de plástico. Você trabalha por anos, mas chega um momento que tem um bloqueio criativo.

O que faço agora? Qual o próximo passo para sair desse limbo? Será que conseguirei ter a criatividade de outrora? Calma, se isso está acontecendo, continue conosco, pois temos dicas valiosas!

Faça uma pausa e tente pensar em outra coisa que não o trabalho

Fazer uma pausa pode render ótimos frutos, pois se está na mesma tarefa por horas e horas, tentar pensar em outra coisa que não o trabalho, gerará um equilíbrio incrível e renovador.

Estudos revelaram que há quatro estágios do processo criativo, que são: preparação, incubação, iluminação e verificação. Durante o primeiro estágio, há uma coleta de todos os recursos necessários para construir novas ideias e assim sucessivamente!

Durma bem durante a noite!

O sono tem um componente crucial para processar todas as novas informações que seu cérebro adquiriu ao longo do dia. Mas não para por aí, pois podemos citar outros pontos fáceis de serem adicionados ao seu dia a dia, tais como:

  • Leia principalmente os clássicos;
  • Coloque seus livros divididos por cores;
  • Durma! (sim, este é um processo que deve ser lembrado e relembrado);
  • Às vezes, é até louvável se dar ao luxo de procrastinar. Isso funciona sempre!

Faça algo novo ou fora da sua zona de conforto

Se você trabalha numa empresa que presta serviço de fachadas em acm e todos os sábados dormem até tarde, que tal buscar algo totalmente novo? A criatividade geralmente aumenta quando somos expostos a novas situações. 

Não precisa mudar seu mundo, mas, quem sabe, andar por novas rotas durante uma caminhada, pegar o carro e ir para uma cidade próxima que não conhece, ver um filme de um gênero que não está acostumado.

Converse com as pessoas

Amplie sua rede! As conversas sempre ajudam a trazer ideias e recorrer àqueles que fazem parte de seu ciclo pode ajudá-lo a se sentir estimulado novamente. Isso mostra que você não está sozinho. 

Dentro das redes sociais, é possível encontrar profissionais do mesmo ramo para usar como inspiração e, quem sabe, compartilhar com eles essa fase de bloqueios de criatividade. Será que há outros artistas talentosos que não passaram pela mesma coisa?

Coloque suas ideias no papel

Precisamos sair de trás do feltro tecido e olhar adiante, portanto, pegar um estudo como este que cita que escritores que colocam suas ideias no papel apresentavam o mais alto nível de criatividade pode ser ótimo. 

Trabalhar em uma rotina não apenas aumenta a produção, mas também a geração de novas ideias criativas. Por outro lado, os escritores que esperaram a inspiração ‘cair do céu’, viram pouca ou nenhuma melhora quando o assunto foi o desbloqueio das ideias.

Após dedicar um determinado período para essa virada de chave, a melhor maneira é, simplesmente, reiniciar! Não se frustre quando escrever mal e tenha como objetivo colocar algo no papel. Você terá muito tempo para revisar depois, ou seja, criar algo agora pode levar a boas ideias mais tarde.

Faça uma tarefa monótona

A melhor maneira de dar um tempo para sua mente é fazendo uma tarefa monótona que permite que sua mente viaje livremente. Que tal colocar um fone de ouvido e escutar o barulho da chuva? Ou ler aquele livro de Agatha Christie? 

Tudo isso pode recarregar suas baterias e, por vezes, ser menos monótono do que imaginava. As melhores ideias surgem quando estamos tomando um banho ou lavando uma louça, não é mesmo?

Permita-se falhar

Não seja tão perfeccionista e permita-se falhar de vez em quando. Isso é um processo que se torna natural ao longo do tempo e, claro, há uma balança que mostra se está errando demais. 

Com tudo isso dito, é hora de colocar essas dicas numa espécie de tela de proteção preço para a cotação, retê-las para si e ter consciência de que não é a primeira vez que isso acontece com um profissional e nem será a última. A questão é: como fazer para driblá-la.

Gostou do conteúdo? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

Este artigo foi escrito por Éder Pessôa, criador de conteúdo do Soluções Industriais

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.