Como acabar com o mau hálito

5 dicas de como acabar com esse incômodo

Em 2020 foi iniciada a quarentena. Com ela, em decorrência da pandemia do coronavírus, vieram muitos cuidados que precisam ser tomados, como a utilização da máscara. Recebida e utilizada com muitas reclamações, a máscara que evita o contágio do vírus mais famoso no momento, pode, além de suor e falta de ar, evidenciar o mau hálito. Dessa vez não sentindo o de outras pessoas, mas sim o nosso, lidar com o mau hálito é uma tarefa que exige dedicação.

Em períodos em que ficamos grande tempo sem cuidar da saúde bucal, surge o terrível cheiro do mau hálito. Essa condição anormal pode variar a sua origem, de modo que é uma resposta a algo que não está correto na nossa saúde. Mesmo muito incômodo, o mau hálito afeta mais de 50 milhões de brasileiros, segundo a Associação Brasileira de Halitose (ABHA), o que evidencia a importância do olhar sobre a saúde bucal dos cidadãos do nosso país.

Ao acordar, principalmente aos que dormem com cônjuges, o mau hálito é o primeiro cheiro que sentimos. Seja da nossa boca, ou da boca do outro, esse odor pode atrapalhar muito a qualidade de vida de uma pessoa. Segundo a Dra. Cláudia Gobor, presidente da Associação Brasileira de Halitose e especialista nesse assunto, “Apesar de ser uma situação recorrente, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para evitar o mau hálito”. São elas:

  • Beba bastante água: Beber 2 litros de água por dia é uma questão que a maioria dos médicos e profissionais da saúde abordam. Não à toa, é claro. A água ajuda as glândulas salivares a produzirem a quantidade de saliva adequada para a boca, de modo que ajuda a combater o mau hálito.
  • Consuma frutas e vegetais: Para o corpo como um todo, ingerir alimentos saudáveis ajuda no funcionamento de muitos órgãos vitais. “Na saúde bucal, também é importante comer frutas e vegetais, já que as fibras contidas nesses alimentos são grandes aliadas na hora de acabar com o mau hálito”, explica a especialista.
  • Tenha uma boa higiene bucal: Passar fio dental todos os dias e escovar os dentes após cada refeição é um ato muito importante para a manutenção da normalidade e boa qualidade bucal. Cuidar da saúde da boca e mantê-la sempre limpa é um fator crucial na hora de evitar o mau hálito.
  • Invista em chás: Beber chás como de Boldo, Hortelã ou Gengibre também pode ajudar a combater o mau hálito. Essas bebidas ajudam na digestão e, o hortelã, por exemplo, dá ainda um cheirinho bom à boca.
  • Por último, e não menos importante, a Dra. Cláudia ainda lembra que: “O comparecimento em consultas de rotina em dentistas é essencial para manter um bom hálito. Mas, se tiver alguma dúvida, você pode consultar um dentista capacitado em diagnosticar as alterações de hálito e que tenha também um aparelho para fazer a medição digital no halimeter,  lá, o profissional examinará tudo o que for necessário para saber se a origem desta alteração é mais simples ou algum caso que exige mais atenção”. Ter sempre na agenda algum dia para cuidar da saúde bucal, é essencial para manter um hálito saudável.Cláudia Christianne GoborCirurgiã Dentista especialista pelo MEC no tratamento da HalitosePresidente da Associação Brasileira de Halitose

    https://www.bomhalitocuritiba.com.br/

    Rua da Paz, n° 195, Sala 102, Mab Centro Médico, Centro/ Alto da XV, Curitiba- PR

    (41) 3022-3131

    Whatsapp: (41) 99977-7087

    Instagram: @Claudiacgobor

    Facebook: @ClaudiaCGobor

    Youtube: Claudia Gobor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *