Instituto Futebol de Rua promove campanha solidária para ajudar famílias durante pandemia

Personalidades como Carlinhos Neves, Alex, Amoroso, Jô, Alexandre Pato e Kaká já abraçaram a causa

Para ajudar famílias que estão passando por dificuldades durante a pandemia da Covid-19, o Instituto Futebol de Rua começou nesta segunda-feira (27) uma campanha solidária para arrecadar alimentos, itens de higiene e produtos de limpeza. O objetivo é dar apoio às comunidades neste período de isolamento social e crise financeira.

Jogadores de futebol e ex-atletas, junto com o embaixador do projeto, Carlinhos Neves, já abraçaram a causa para ajudar na divulgação e arrecadação de donativos. Para o criador do Instituto Futebol de Rua, Alceu Neto, a campanha é mais uma forma de unir o esporte ao bem social. “O trabalho do Instituto é usar o esporte como ferramenta de transformação e, durante essa pandemia, não poderia ser diferente”, explica.

Nomes como Alex, Amoroso, Jô, Alexandre Pato e Kaká já confirmaram presença na campanha. Para Carlinhos Neves, embaixador do Instituto Futebol de Rua, a participação de atletas consagrados no esporte é essencial. “Achei bacana chamar amigos que fiz no futebol para nos ajudar na campanha pois eles são uma inspiração para os alunos do projeto e farão a iniciativa ainda mais especial”, conta.

As doações serão recebidas na sede do Instituto Futebol de Rua toda segunda e quarta-feira, das 9h às 12h, e nas terças, das 12h às 17h. Além disso, quem quiser ajudar pode realizar uma contribuição financeira por meio de depósito bancário. As cestas básicas e kits montados com os produtos serão retirados no Instituto por famílias em situação de vulnerabilidade social.

Confira os vídeos que serão publicados nas redes sociais do Instituto Futebol de Rua:

Instagram @institutofutebolderua

Facebook www.facebook.com/futebolderua.org/

Serviço:

Campanha Solidária – Instituto Futebol de Rua

Doações: alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal, produtos de limpeza.

Data:  toda segunda e quarta-feira, das 9h às 12h, e nas terças, das 12h às 17h, no Instituto Futebol de Rua, ou em qualquer dia por meio de depósito bancário.

Local: Sede do Instituto – Rua Antônio Moreira Lopes, 190 – Cajuru, Curitiba – PR.

Conta bancária:
Instituto Futebol de Rua

CNPJ 08.607.847/0001-40

Banco do Brasil
Agência 1518-0
Conta Corrente 28234-0

Sobre o Instituto Futebol de Rua

Criado em 2006, o Instituto Futebol de Rua é uma organização sem fins lucrativos que utiliza o esporte e a cultura como ferramentas para o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Presente em 12 estados, 22 cidades e com mais de dois mil beneficiários, o Instituto conta com metodologia exclusiva que alia aulas de formação humana ao futebol.

Prazo final: TSE lança campanha para convocar eleitores a regularizarem situação de forma remota

Campanha Atendimento Remoto na Justiça Eleitoral
Ascom TSE

Período para tirar, transferir ou regularizar o título para poder votar em 2020 encerra-se na noite de 6 de maio, com o fechamento do cadastro eleitoral

Dia 6 de maio é o último dia para o eleitor regularizar sua situação para poder votar nas Eleições Municipais de 2020. Em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus (responsável pelo Covid-19), os serviços eleitorais presenciais foram suspensos. Mas a Justiça Eleitoral não parou. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, nesta terça-feira (28), uma campanha para estimular o atendimento do eleitor de forma remota nessa fase final. Assista ao vídeo.

O material produzido será veiculado nacionalmente em emissoras de rádio e de televisão e nas redes sociais. A Assessoria de Comunicação (Ascom) do TSE, responsável pelo conteúdo, ainda desenvolveu uma nova página no Portal da Justiça Eleitoral que traz orientações acerca dos procedimentos de atendimento remoto para solicitação dos serviços de alistamento (primeira via do título), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, alteração de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade e revisão para a regularização de inscrição cancelada.

Além do passo a passo e da indicação dos documentos necessários, o espaço também contém link direcionando para as páginas de atendimento de cada um dos 27 tribunais regionais eleitorais (TREs) para efetuar o requerimento de alistamento eleitoral.

“Nessa página, o eleitor terá todas as informações de como proceder caso a caso. A pandemia impossibilitou que os serviços fossem realizados presencialmente. No entanto, tendo em vista a proximidade do prazo de fechamento do cadastro eleitoral, o TSE agiu para oferecer um atendimento remoto descomplicado, sempre com o objetivo de garantir a participação do eleitor no pleito e preservar a democracia”, afirma a assessora-chefe da Ascom do TSE, Ana Cristina Rosa.

O TSE também firmou parceria com o Facebook para que a rede social disponibilize, na abertura da timeline, um megafone, recurso que informará como está sendo feito o atendimento da Justiça Eleitoral neste período de isolamento social.

Segundo a chefe do Núcleo de Campanhas, Redes Sociais e Gestão Web da Ascom do TSE, Neri Accioly, a ação no Facebook convocará os usuários de todo o Brasil para essa nova página sobre o atendimento remoto. “A ideia é informar, ao máximo de pessoas, que a Justiça Eleitoral não parou por causa da Covid-19 e que continua atendendo remotamente, com foco na realização das eleições em outubro deste ano”, diz.

Regime de plantão

O regime de plantão extraordinário, estabelecido em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, foi instituído pelo TSE no dia 20 de março, por meio da Resolução TSE nº 23.615/2020. Desde então, o atendimento presencial, a coleta biométrica e os prazos processuais ficaram suspensos.

A medida foi prorrogada na última sexta-feira (24) por tempo indeterminado pela Portaria nº 265. Os prazos de processos que tramitam em meio físico continuam suspensos enquanto durar o regime diferenciado de trabalho. Por sua vez, os processos em todos os graus de jurisdição da Justiça Eleitoral que tramitam em meio eletrônico terão os prazos retomados a partir do dia 4 de maio, sendo vedados os atos presenciais.

Suspensão de títulos cancelados

Em razão do contexto de crise, o TSE suspendeu temporariamente o cancelamento de títulos de cerca de 2,5 milhões de eleitores que não compareceram ao cadastro biométrico obrigatório previsto no Provimento da Corregedoria-Geral Eleitoral (CGE) nº 1/2019, que atinge 17 estados (AC, AM, BA, CE, ES, MA, MG, MS, MT, PA, PE, PR, RJ, RS, SC, SP e RO). Com isso, esse eleitorado estará apto a votar normalmente nas Eleições Municipais de 2020.

A determinação consta da Resolução TSE nº 23.616/2020 – assinada pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, no último dia 17 de abril –, que permite alterações no cadastro eleitoral durante o regime de plantão extraordinário.

RC/LC, DM

Leia mais:

24.04.2020 – Você sabia? Alistamento eleitoral e transferência do título podem ser feitos por meio eletrônico

22.04.2020 – Resolução do TSE permitirá voto de cerca de 2,5 milhões de eleitores que não compareceram à revisão biométrica

Artigo: Saúde mental e trabalho na quarentena

Bárbara Nogueira, diretora, Board Advisor e Headhunter da Prime Talent

Saúde mental e trabalho na quarentena
Bárbara Nogueira *

Em um período atípico e incerto como este que o mundo vive, por conta da pandemia do Coronavírus, as pessoas nunca estiveram tão distantes fisicamente e, ao mesmo tempo, tão unidas, lutando pela mesma causa. Nesse cenário difícil, também é importante refletir e buscar entender o que pode ser feito para trabalhar o bem-estar e a saúde mental para passar por essa fase da melhor forma possível, sem prejuízos significativos no pós-crise. Afinal, deve-se estar preparado para o que vem pela frente, em especial as transformações no mercado de trabalho.

Por isso, devemos encontrar maneiras de amenizar o nível de ansiedade e angústia, que é elevado neste momento. A verdade é que ninguém está isento aos reflexos do isolamento social, mas é possível viver de forma mais saudável, procurando, inclusive, novos aprendizados com essa realidade atual. Cinco dicas podem ajudar a passar com mais tranquilidade pela quarentena e, no final, sair fortalecido e mais preparado para as mudanças.

A primeira delas é organizar uma rotina diária. Especialmente se você segue trabalhando em home office, o indicado é planejar bem o tempo dedicado ao campo profissional e ao pessoal. Estabeleça horários para os afazeres (acordar, se alimentar, trabalhar, atividades extras), buscando uma lógica que atenda às duas demandas. Procure se vestir com roupa confortável – não fique de pijama – e trabalhar em um ambiente que propicie maior produtividade. Isso significa evitar ficar em sofás ou na cama, o que pode prejudicar diretamente o desempenho.

Em segundo lugar, procure fazer algum tipo de atividade física, sem ultrapassar os seus limites. Pode ser pilates, yoga, exercício aeróbico, funcional, alongamentos e qualquer outra que consiga fazer em casa. Será muito positivo para a saúde mental e corporal, pois, quando se exercita o corpo, naturalmente a ansiedade e o estresse são amenizados. Além disso, fortalece articulações, ossos e músculos, reduz o cansaço, evita dores no corpo, melhora o humor, a qualidade do sono e a autoestima, entre outros benefícios. Tudo isso impacta na performance diária em todos os sentidos.

O terceiro ponto para se manter saudável nessa quarentena é alimentar bem ao longo do dia. O corpo precisa estar bem cuidado para ter um ótimo desempenho. A alimentação adequada é benéfica tanto para o aspecto físico como mental e aumenta a disposição para realizar as atividades diárias. Ainda melhora a circulação, combate depressão, estresse, ansiedade e insônia. O ideal é a ingestão diária de verduras, legumes, frutas. E, se possível, a consulta online com profissionais da área para uma melhor orientação. Esta pode ser uma boa hora para transformar os hábitos.

O momento também requer atenção às atividades que dão prazer. Talvez colocar em prática um projeto novo, iniciar um hobby ou até mesmo investir em autoconhecimento. Em tempos de isolamento social, grande parte dos profissionais está atendendo online, com oferta de meditação, terapia, coaching, grupos de estudos ou de leitura, aulas e cursos (música, línguas, artesanato, costura etc). É uma oportunidade de desenvolver o autoconhecimento e os dons, além de reduzir angústias e medos.

A última dica é se aproximar das pessoas que você ama. O isolamento físico é necessário, mas não é por isso que temos que ficar afastados mentalmente de quem gostamos. A tecnologia ajuda diretamente a superar este momento. Então, porque não procurar maneiras de estar mais presente e de estreitar laços com as pessoas queridas? Todo tipo de atenção, carinho e amor que você puder dar e receber pode ajudar – e muito – a fazer com que esse período seja mais leve. Diversos estudos comprovam que essas relações desempenham um papel importante e essencial para o bem-estar e a felicidade.

Portanto, para se ajudar e ajudar o outro nesse período, que é passageiro, é preciso cuidar fortemente da saúde física e mental, que estão totalmente conectadas. Dessa forma, estará pronto e preparado para o pós-crise. Sem dúvida, será uma nova etapa, repleta de oportunidades.

Bárbara Nogueira é diretora, Board Advisor e Headhunter da Prime Talent, empresa de busca e seleção de executivos, com escritórios em São Paulo e Belo Horizonte. Ao longo de sua carreira, já avaliou mais de 5 mil executivos de alta gestão, selecionando para clientes em toda a América Latina. Possui certificação de Executive Coach pela International Association of Coaching e em Micro Expressões e programação Neurolinguística. Tem vivência internacional na Inglaterra e nos Estados Unidos. Bárbara é graduada em Psicologia, pós-graduada em Negócios e em Formação de Conselheira de Administração, ambas pela Fundação Dom Cabral.

Artigo: Saúde mental e trabalho na quarentena

Bárbara Nogueira, diretora, Board Advisor e Headhunter da Prime Talent

Saúde mental e trabalho na quarentena
Bárbara Nogueira *

Em um período atípico e incerto como este que o mundo vive, por conta da pandemia do Coronavírus, as pessoas nunca estiveram tão distantes fisicamente e, ao mesmo tempo, tão unidas, lutando pela mesma causa. Nesse cenário difícil, também é importante refletir e buscar entender o que pode ser feito para trabalhar o bem-estar e a saúde mental para passar por essa fase da melhor forma possível, sem prejuízos significativos no pós-crise. Afinal, deve-se estar preparado para o que vem pela frente, em especial as transformações no mercado de trabalho.

Por isso, devemos encontrar maneiras de amenizar o nível de ansiedade e angústia, que é elevado neste momento. A verdade é que ninguém está isento aos reflexos do isolamento social, mas é possível viver de forma mais saudável, procurando, inclusive, novos aprendizados com essa realidade atual. Cinco dicas podem ajudar a passar com mais tranquilidade pela quarentena e, no final, sair fortalecido e mais preparado para as mudanças.

A primeira delas é organizar uma rotina diária. Especialmente se você segue trabalhando em home office, o indicado é planejar bem o tempo dedicado ao campo profissional e ao pessoal. Estabeleça horários para os afazeres (acordar, se alimentar, trabalhar, atividades extras), buscando uma lógica que atenda às duas demandas. Procure se vestir com roupa confortável – não fique de pijama – e trabalhar em um ambiente que propicie maior produtividade. Isso significa evitar ficar em sofás ou na cama, o que pode prejudicar diretamente o desempenho.

Em segundo lugar, procure fazer algum tipo de atividade física, sem ultrapassar os seus limites. Pode ser pilates, yoga, exercício aeróbico, funcional, alongamentos e qualquer outra que consiga fazer em casa. Será muito positivo para a saúde mental e corporal, pois, quando se exercita o corpo, naturalmente a ansiedade e o estresse são amenizados. Além disso, fortalece articulações, ossos e músculos, reduz o cansaço, evita dores no corpo, melhora o humor, a qualidade do sono e a autoestima, entre outros benefícios. Tudo isso impacta na performance diária em todos os sentidos.

O terceiro ponto para se manter saudável nessa quarentena é alimentar bem ao longo do dia. O corpo precisa estar bem cuidado para ter um ótimo desempenho. A alimentação adequada é benéfica tanto para o aspecto físico como mental e aumenta a disposição para realizar as atividades diárias. Ainda melhora a circulação, combate depressão, estresse, ansiedade e insônia. O ideal é a ingestão diária de verduras, legumes, frutas. E, se possível, a consulta online com profissionais da área para uma melhor orientação. Esta pode ser uma boa hora para transformar os hábitos.

O momento também requer atenção às atividades que dão prazer. Talvez colocar em prática um projeto novo, iniciar um hobby ou até mesmo investir em autoconhecimento. Em tempos de isolamento social, grande parte dos profissionais está atendendo online, com oferta de meditação, terapia, coaching, grupos de estudos ou de leitura, aulas e cursos (música, línguas, artesanato, costura etc). É uma oportunidade de desenvolver o autoconhecimento e os dons, além de reduzir angústias e medos.

A última dica é se aproximar das pessoas que você ama. O isolamento físico é necessário, mas não é por isso que temos que ficar afastados mentalmente de quem gostamos. A tecnologia ajuda diretamente a superar este momento. Então, porque não procurar maneiras de estar mais presente e de estreitar laços com as pessoas queridas? Todo tipo de atenção, carinho e amor que você puder dar e receber pode ajudar – e muito – a fazer com que esse período seja mais leve. Diversos estudos comprovam que essas relações desempenham um papel importante e essencial para o bem-estar e a felicidade.

Portanto, para se ajudar e ajudar o outro nesse período, que é passageiro, é preciso cuidar fortemente da saúde física e mental, que estão totalmente conectadas. Dessa forma, estará pronto e preparado para o pós-crise. Sem dúvida, será uma nova etapa, repleta de oportunidades.

Bárbara Nogueira é diretora, Board Advisor e Headhunter da Prime Talent, empresa de busca e seleção de executivos, com escritórios em São Paulo e Belo Horizonte. Ao longo de sua carreira, já avaliou mais de 5 mil executivos de alta gestão, selecionando para clientes em toda a América Latina. Possui certificação de Executive Coach pela International Association of Coaching e em Micro Expressões e programação Neurolinguística. Tem vivência internacional na Inglaterra e nos Estados Unidos. Bárbara é graduada em Psicologia, pós-graduada em Negócios e em Formação de Conselheira de Administração, ambas pela Fundação Dom Cabral.