Vivaldo sugere reunião com a bancada federal e Dilma para discutir combate à seca

9c458994-eb7d-4c19-b5e0-63031e35f8fa

Crédito da foto: João Gilberto

A seca foi tema de pronunciamento do deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) na sessão ordinária desta quinta-feira (26). O parlamentar chamou atenção para alertas dos meteorologistas que apontam que a seca está configurada para 2016 e fez um apelo para reunir a bancada federal em uma audiência com a presidente Dilma Rousseff (PT) e ministro da Integração em busca de medidas concretas de combate à seca.“Os especialistas afirmam que o El Niño continua forte sobre o Pacífico e a consequência é mais um ano de seca. Até 2020 deveremos ter pouca chuva e pouca água no Nordeste brasileiro”, disse Vivaldo Costa.

O parlamentar lembrou a reunião realizada, na última terça-feira (25), entre o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), os deputados estaduais Nélter Queiroz (PMDB), Álvaro Dias (PMDB) e Vivaldo Costa (PROS) com o governador Robinson Faria (PSD) para falar sobre as ações de combate aos efeitos da seca que serão ampliadas no Rio Grande do Norte com apoio do Governo Federal.

Na ocasião, o deputado Vivaldo Costa (PROS) defendeu o investimento em ações emergenciais que atendam à população de Caicó, lembrando que há quatro anos a seca assola a região Seridó. O parlamentar destacou os pleitos do presidente da Assembleia em nome do Estado à presidente Dilma, entre eles a necessidade de médio prazo da adutora de engate rápido para Caicó. “A presidente já garantiu o repasse de recursos para a adutora”, disse Vivaldo.

De acordo com o deputado Vivaldo Costa, um dos resultados da reunião foi a liberação da duplicação da quantidade de água para o rio Piranhas-Açu pela Agência Nacional de Águas.

Em aparte, o deputado Ricardo Motta (PROS) sugeriu que os parlamentares destinassem o máximo de emendas para as obras de recursos hídricos para minimizar os efeitos da seca. “Somando os valores daria algo em torno de R$14 milhões a R$ 15 milhões exclusivamente para perfuração de poços, dessalinizadores e contratação de carros-pipas”, disse o deputado.

George Soares disse que vai destinar R$ 400 mil para recursos hídricos com um objetivo claro de recuperação do Canal do Pataxó. “Com a recuperação teremos um inverno regular para manter a margem da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves”, disse George.

Dengue
Vivaldo Costa ressaltou ainda a situação de Caicó em relação à infestação de dengue. A região tem o maior índice de infestação com 27,1% dos imóveis pesquisados entre outubro e novembro.

“A preocupação é que esse mesmo mosquito que leva à dengue, leva ao Zyka vírus e tudo indica que é o mesmo responsável pela microcefalia”, disse Vivaldo.

O deputado pediu socorro ao governo e ao secretário de Saúde para que dê suporte técnico e financeiro para que Caicó não continue com esse quadro negativo.

_tirinhajanybiju

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *